O projecto, cujo custo total rondará os 1,4 milhões de euros, contou com o apoio da Liga, através de um valor de 171 mil euros, e da câmara de Olhão, que disponibilizará, através de um contrato-programa, uma verba de 900 mil euros, divididos por várias tranches, a pagar até 2012.

O emblema algarvio, que viu os sócios aprovarem o empréstimo sem votos contra e apenas com uma abstenção, apresentou como garantia hipotecária à Caixa Geral de Depósitos, entidade bancária que possibilitará a operação, as lojas que possui no centro comercial Ria Shopping, inaugurado este ano.

A intervenção, que passou pela colocação de iluminação artificial, deslocação do relvado e renovação das bancadas, foi considerada indispensável para que o clube pudesse jogar em Olhão os encontros do escalão maior do futebol nacional.

Na mesma reunião magna, que contou com cerca de 70 associados, foram aprovados, entre outros assuntos, o relatório e contas relativo ao exercício de 2008, a alteração de alguns artigos dos estatutos e a nova quota mensal a pagar pelos sócios.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.