O Sporting empatou na noite deste domingo na receção ao Famalicão, no Estádio de Alvalade, por 1-1, em jogo referente à 26ª jornada do campeonato nacional de futebol. Com novo empate, os leões têm agora seis pontos de vantagem sobre o FC Porto.

A primeira grande oportunidade do jogo surgiu aos 15 minutos por intermédio dos visitantes. Diogo Figueiras cruzou para Rúben Vinagre, que desperdiçou ao rematar ao lado. Apenas seis minutos depois foi a vez dos homens da casa tentarem a sua sorte. Tiago Tomás cruzou, Riccieli curtou e Luiz Junior conseguiu segurar a bola.

Aos 25 minutos, eis que Pedro Gonçalves inaugurou o marcador no Estádio de Alvalade. Um erro de Luiz Junior na reposição de bola fez com que Iván Jaime permitisse a interceção de Pedro Gonçalves. O jogador leonino combinou com Paulinho que devolveu para a finalização do melhor marcador da equipa de Rúben Amorim.

O Sporting quase não teve tempo para festejar porque o Famalicão devolveu a igualdade ao marcador no minuto seguinte. Rúben Vinagre atrasou para Iván Jaime que caiu. No entanto a bola sobrou para Anderson que atirou para o fundo da baliza da Adán.

Aos 34 minutos, Porro armou um remate do meio da rua, mas Luiz Júnior voou para a bola e afastou com uma palmada. Estava assim negado o segundo golo ao Sporting e o certo é que as equipas recolheram aos balneários com o empate no marcador. 

No regresso ao relvado, Rúben Amorim tirou Feddal - que teve uma primeira parte muito desinspirada - e João Palhinha - que já tinha visto um cartão amarelo - para as entradas de Matheus Reis e Daniel Bragança.

Já nesta segunda parte, a grande oportunidade de golo dos leões surgiu aos 57 minutos, mas terminou com um enorme desperdício de Tiago Tomás. Na resposta a um passe de Coates, o avançado de 18 anos apareceu na cara de Luiz Júnior, mas um ligeiro toque de Patrick William fez com que a bola saísse por cima.

Os homens de Famalicão não se deixavam ficar e valeu ao Sporting o guarda-redes Adán. Aos 63 minutos, Iván Jaime com uma bela receção a um cruzamento de Diogo Figueiras, rematou e obrigou o guardião dos leões a defender... com a cabeça.

Aos 76 minutos, Rúben Amorim esgotou as substituições ao tirar Luís Neto e Tiago Tomás para lançar Eduardo Quaresma e Nuno Santos, com um último esforço para tentar desbloquear o empate do marcador.

Quatro minutos depois surgiu uma oportunidade de golo para os leões por intermédio de Pedro Porro. Sozinho, o internacional espanhol armou um belo remate na área, mas a bola saiu por cima. Já aos 85, ao segundo poste, Paulinho não conseguiu finalizar o cruzamento de Jovane.

Os últimos minutos de jogo contaram com várias tentativas do Sporting de chegar ao segundo golo, mas a finalização não chegou. Já depois do apito final, Rúben Amorim foi expulso por protestos.

Com este empate, os leões somam agora 66 pontos, mais seis que o segundo classificado FC Porto e mais nove que o Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.