O Sporting não foi além de um empate a duas bolas com o St. Gallen, no segundo encontro de pré-época, que decorre na Suíça. Os 'leões' estiveram a vencer por 2-0 no primeiro tempo mas permitiram o empate dos helvéticos, equipa que está numa fase adiantada da sua preparação para a nova época.

O adversário escolhido pelo Sporting era diferente do Rapperswil-Jona, equipa dos escalões inferiores da Suíça que mesmo assim venceu os 'leões' por 2-1. O St. Gallen tem mais dias de trabalho, está prestes a arrancar a Liga helvética (este é o seu último amigável), pelo que este era um teste que se adivinhava mais complicada para o Sporting.

Em relação à equipa que perdeu por 2-1 na quarta-feira com o Rapperswil-Jona, Marcel Keizer fez cinco mudanças. Renan, Mathieu,Neto, Wendel, Bruno Fernandes e Raphinha. Thierry Correia, Nuno Mendes, Doumbia, Vietto e Bas Dost deram os seus lugares a Ilori, Abdu Conté, Henrique, Rafael Camacho e Luiz Phellype.

Na baliza do St. Gallen, destaque para Jonathan Klinsmann, filho de Jurgen Klinsmann, carismático avançado alemão.

Com o Kybunpark Arena bem composto e com o Sporting a estrear o equipamento alternativo, os comandados de Marcel Keizer iniciaram o jogo praticamente a vencer, graças a um golo de Bruno Fernandes logo aos dois minutos, na recarga a um remate de Raphinha que Klinsmann não segurou.

O St. Gallen cresceu no jogo mas foi Bruno Fernandes a ter o 2-0 nos pés, numa 'bomba' de fora da área que o Jonathan Klinsmann defendeu com dificuldades. O domínio leonino daria resultado aos 24 minutos, num remate potente de Wendel de fora da área, desta vez sem hipóteses para o jovem guarda-redes dos helvéticos.

No entanto, os suíços vão reduzir aos 43 minutos, após erro de Eduardo. O médio dominou mal a bola numa zona proibitiva, perdeu-a para Kutese que não perdoou e bateu Renan.

No segundo tempo, várias alternações de parte a parte. Do lado do Sporting, Vietto rendeu Camacho, Doumbia entrou para o lugar de Eduardo e Bas Dost substituiu Luiz Phellype.

Os suíços, com um melhor entrosamento, chegaram mesmo ao empate, num grande golo de Hefti, jogador que entrou ao intervalo: passou por vários adversários e rematou de trivela, fazendo um golaço, aos 55 minutos.

Nestes jogos treinos, onde o resultado é o menos importante, Keizer aproveitou para lançar mais jogadores: aos 65 minutos entrara Eduardo Quaresma, Nuno Mendes, Thierry Correia, Miguel Luís, Matheus Pereira, Plata e Maximilano para os lugares de Mathieu, Neto, Conté, Wendel, Bruno Fernandes, Raphinha e Renan.

A equipa helvética cresceu no jogo com o empate e podia ter marcado em duas ocasiões, não fosse a atenção de Luiís Maximiano, com duas grandes defesas.

Ao segundo jogo, Sporting continua sem vencer na pré-época mas consegue subir de nível, mostrando um melhor entrosamento entre os jogadores neste segundo encontro.

O próximo encontro de preparação do Sporting é com os belgas do Club Brugge, a 19 de julho, cinco dias antes de defrontarem os ingleses do Liverpool, campeões europeus, fechando a pré-temporada frente ao Valência, no Troféu Cinco Violinos, a 28.

Onze titular do Sporting: Renan; Thierry Correia, Mathieu, Neto e Nuno Mendes; Doumbia, Wendel e Bruno Fernandes; Vietto, Bas Dost e Raphinha.

Banco do Sporting: No banco leonino estarão Luís Maximiano, Diogo Sousa, Nuno Mendes, Eduardo Quaresma, Thierry Correia, Daniel Bragança, Doumbia, Miguel Luís, Joelson, Matheus Pereira, Gonzalo Plata, Vietto e Bas Dost

Onze titular do St Gallen: Klisnmann; Stergiou, Letard, Rufli, Victor Ruiz, Quintillà, Kutesa, Gortler, Muheim, Axel Bakayoko e Guillemenot

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.