“Os clássicos são jogos à parte. Temos evoluído muito, ganho confiança, mas também sabemos que o Sporting esta ferido com os maus resultados e vai tentar ganhar o jogo. Temos de estar atentos e jogar como tempos jogado até agora”, salientou o jogador, reforçando que “o Sporting tem bons jogadores, mas está a passar uma má fase que todas as equipas atravessam e mais tarde ou mais cedo os bons jogadores vêm ao de cima”

Cauteloso, ainda que de facto o Sporting esteja numa maré de resultados nada positivos, Tomas Costa não vê repetir o “massacre” para a Taça de Portugal, mas garatiu que o FC Porto vai tentar “aproveitar que a equipa adversária tem um jogo durante a semana para fazer sobressair o bom nível do FC Porto”, já que eles “podem estar um bocado cansados”.

“Isso não importa, o que importa é vencer, nem que seja 1-0.É obrigatório vencer por ser um jogo do FC Porto na luta pelo título. Estamos obrigados a ganhar desde a primeira jornada a vencer”, sublinhou.

Tomas Costa deverá ser o substituto de Fernando, a contas com uma lesão que, quase de certeza, o vai afastar do clássico em Alvalade, e embora vá “agarrar a oportunidade” sabe que “as circunstâncias não são as melhores”.

“O Fernando é um grande titular, mas eu vou agarrar a oportunidade e fazer o melhor que sei. Este é o meu melhor momento devido à regularidade com que tenho jogado”, frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.