O Sporting arrancou com um processo de despedimento de vários funcionários, avançam ao início da tarde desta quarta-feira os jornais 'A Bola' e 'O Jogo'. Não se conhece ainda a extensão da decisão.

De acordo com o jornal 'A Bola', os visados foram chamados por e-mail, ao longo de terça-feira, de forma a apresentarem-se esta quarta-feira em Alvalade. Ainda segundo a mesma publicação, assunto não terá sido divulgado, mas o objetivo passará por informá-los da determinação da direção liderada por Frederico Varandas avançar para o fim da sua ligação contratual ao clube.

Recorde-se que a 16 de abril a SAD leonina comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o recurso ao lay-off de 95% dos trabalhadores do “universo ‘leonino'”, então de fomra a reduzir os custos com o pessoal em 40% durante a pandemia. Esse lay-off foi, depois, prolongado até junho. Os funcionários têm-se apresentado em Alvalade, suspeitando de um processo de despedimento coletivo, ainda por confirmar.

Já o jornal 'O Jogo' reforça que Sporting deu início a um processo de despedimento de funcionários, notificando, por e-mail, aqueles que pretende dispensar, explicando que as áreas mais afetadas serão o secretariado, a comunicação e outros serviços de apoio de todo o universo leonino (do clube à sociedade anónima desportiva).

Ainda de acordo com 'O Jogo', a medida estava a ser pensada há algum tempo, mas foi precipitada pelos impactos mais recentes da pandemia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.