A recente crise diretiva instalada no Sporting deixou muitos accionistas da SAD leonina apreensivos com a atual situação de 'guerra-aberta' entre Bruno de Carvalho e os principais activos do clube.

Segundo escreve o jornal Record na sua edição online, a Holdimo, empresa do empresário Álvaro Sobrinho detentora de 28,85 por cento das ações do Sporting, vai avançar mesmo com o pedido de uma Assembleia-Geral urgente.

Recorde-se que a empresa de Álvaro Sobrinho é detentora de 20 milhões de ações do Sporting desde novembro de 2014, quando foi realizado um aumento de capital social, o que representa perto de um terço do total de ações da SAD leonina.

A Holdimo de Álvaro Sobrino é portanto um dos principais accionistas de fora do universo Sporting, ficando bem à frente do segundo principal accionista individual, a Olivesportos de Joaquim Oliveira, detentora de 3,19 por cento dos títulos leoninos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.