O Sporting pagou esta quinta-feira a quantia de 1,65 milhões de euros que devia ao Racing Avellaneda na sequência da transferência de Marcos Acuña, prestação que tinha vencido em janeiro deste ano, adianta o jornal O Jogo.

O Racing Avellaneda, clube a que pertencia o internacional argentino, reclamava o pagamento da verba em falta e ameaçou mesmo avançar com uma queixa na FIFA caso o clube de Alvalade não regulariza-se a situação, algo que aconteceu esta quinta-feira.

Marcos Acuña foi contratado ao Racing Avellaneda no último verão por 10,591 milhões de euros, sendo que a primeira prestação do negócio – 3,3 milhões de euros – foi paga em dezembro, de acordo com dados que constam do relatório e contas do 1.º semestre de 2017/18 da SAD leonina.

No momento da assinatura do contrato de Acuña, o Sporting garantiu o direito de preferência sobre três jogadores do emblema argentino, bem como a realização de um encontro amigável.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.