Pedro Madeira Rodrigues assumiu em entrevista à TSF que está "preparado, mais do que nunca, para enfrentar o desafio" de liderar o Sporting e prometeu que, em caso de vitória, os sócios leoninos vão poder votar em eleições intercalares.

"Vou considerar estas eleições, embora não esteja estatutariamente previsto, como eleições intercalares. E se eu ganhar as eleições, como acredito, e se tiver menos de 50%, como parece provável, vou cumprir o mandato que faltava a Bruno de Carvalho, ou seja até junho de 2021 e vou anunciar, desde já, as próximas eleições do Sporting para aqui a 2 anos e nove meses", começou por dizer Madeira Rodrigues.

"Completamos o mandato de Bruno de Carvalho, vamos ter cerca de 1.000 dias para mostrar aquilo que valemos e depois vamos entregar aos sportinguistas a próxima direção, a próxima eleição. Parece-me que é justo", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.