O sportinguista Matheus Nunes foi convocado pelo selecionador Tite para representar o Brasil. O médio integra uma lista de nove elementos chamados pelo selecionador da ‘canarinha’, Tite, para fazer face à ausência de vários atletas de equipas inglesas, espanholas e italianas, que foram impedidos de viajar para a América do Sul, devido às restrições impostas pela pandemia de COVID-19.

Além de Matheus Nunes, Tite chamou os guarda-redes Everson (Atlético-MG), Santos (Athletico), o defesa Miranda (São Paulo), os médios Edenilson (Internacional) e Gerson, (Marselha) e os avançados Hulk (Atlético-MG), Malcom (Zenit) e Vinícius Jr (Real Madrid).

O central do Benfica Lucas Veríssimo mantém-se entre as opções de Tite, que já o tinha incluído na convocatória inicial, divulgada há duas semanas.

Com dupla nacionalidade, Matheus Nunes estava nos planos de Fernando Santos mas ainda não foi chamado para a seleção de Portugal. O selecionador nacional sublinhou que o jogador do Sporting está no lote de 40 atletas que têm sido observados.

"Não estava no lote dos 40 jogadores para o Euro2020, porque, nessa altura, ainda não estava apto a representar a seleção. Só há um mês passou a estar apto. Mas estava na lista de 40 jogadores para esta convocatória. Está cá desde os 12 anos, mas já no ano passado foi observado por nós. Está a ser observado, como outros jogadores", disse Fernando Santos na quinta-feira, após divulgar a convocatória para os encontros com República da Irlanda e Azerbaijão, da qualificação para o Mundial2022, e para o particular com o Qatar.

"Nunca pedirei ao meu presidente para naturalizar um jogador para vir à Seleção Nacional. Mas também nunca discriminarei ninguém que, por opção própria, tenha ficado apto para representar Portugal. Não discrimino ninguém. Desde que estejam aptos e entenda que tenham qualidade, fazem parte do lote de observações. Depois de são chamados, é outra coisa", rematou.

Caso participe num dos três próximos jogos do Brasil na qualificação sul-americana para o Mundial2022, com Chile, Argentina e Peru, em setembro, o médio luso-brasileiro ficará automaticamente fora das cogitações da seleção portuguesa, isto depois de Fernando Santos ter aberto a ‘porta’ a uma futura chamada do jogador.

Certo é que o Brasil antecipou-se a Portugal e chamou o médio de 23 anos.

*Artigo atualizado

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.