O jornal O Jogo escreve esta segunda-feira na edição impressa que Sporting e Racing Avellaneda chegaram a acordo para a liquidação em parcelas da dívida de 1,375 milhões de euros - cerca de 1,6 milhões de dólares -, a última prestação em falta dos 10,5 milhões de euros que envolveram a transferência de Marco Acuña para Alvalade.

De acordo com o desportivo, a direção agora liderada por Frederico Varandas conseguiu estabelecer que o plano de pagamentos vai prolongar-se durante o próximo ano, ainda que oficialmente as partes tenham recusado entrar em detalhes.

Assim, o clube argentino já poderá repartir os dividendos da transferência com o Ferro Carril Oeste que acordou a cedência de 50% dos direitos económicos do internacional albiceleste antes de este se mudar para Alvalade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.