O Sporting deverá perder a maiorida da SAD que gere o seu futebol profissional. De acordo com o jornal ABola, o Novo Banco poderá reforçar a posição na SAD leonina, uma vez que não quer prolongar o pagamento das Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) por mais 10 anos, tal como foi proposto pelo presidente do clube, Bruno de Carvalho.

A instituição bancária deverá converter em ações o empréstimo obrigacionista, reforçando a sua posição na SAD, que deixará de ser controlada pelo Sporting.

Em 2010, aquando da restruturação financeira, a SAD do Sporting negociou a dívida que tinha com os bancos BES (agora Novo Banco) e BPI através da emissão das VMOC, no valor de 55 milhões de euros. Esse é o valor que o Sporting tem de pagar aos bancos até 17 de janeiro, caso contrário as VMOC serão transformadas em ações e entram no capital social da SAD.

O assunto será debatido na Assembleia-geral do clube esta sexta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.