O Sporting já terá pago os 13,3 milhões de euros que devia ao fundo de investimento Doyen depois de o tribunal suíço ter decidido a favor do fundo no ‘caso Rojo’.

De acordo com o jornal Record, o clube leonino fez, ontem, a transferência do valor para fechar a questão com o fundo de investimento. A decisão do tribunal chegou há cerca de um ano após o fundo ter colocado o Sporting em tribunal devido às verbas de transferência de Rojo.

O ‘caso Rojo’ envolveu Sporting e Doyen na transferência de Marcos Rojo para o Manchester United. Na altura de deixar sair o argentino, Bruno de Carvalho rescindiu unilateralmente o contrato que tinha com o fundo que definia que 75% da verba recebida da venda seria paga ao fundo e não entraria nos cofres dos ‘leões’.

Ao terem pago esta verba, os leões desbloquearam 6,1 milhões de euros que se encontravam retidos na UEFA, referentes a prémios provenientes das competições europeias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.