O Sporting venceu o Paços de Ferreira por 4-2, em jogo da 19.ª jornada da I Liga. Bas Dost bisou, Adrien e Gelson fizeram os outros tentos dos ´leões` que não vão ter William no Dragão. Welthon marcou os golos dos ´castores`.

Depois de três jogos sem vencer (derrotas com Marítimo e empate com o Chaves para a Liga e derrota com o Chaves para a Taça de Portugal), o Sporting precisava de vencer para voltar aos triunfos e não deixar fugir ainda mais os clubes da frente. Os ´leões` entraram em campo no quarto lugar com os mesmos pontos do Vitória de Guimarães que, minutos antes, tinha empatado com o Marítimo. Já o Paços não vencia há sete encontros.

Para este jogo em Alvalade com os ´castores`, Jorge Jesus fez três alterações: Rúben Semedo rendeu o castigado Coates e William e Alan Ruiz ocuparam os lugares de João Palhinha e Marvin Zeegelaar, jogadores que ficaram no banco. Já Vasco Seabra tinha mais dificuldades e teve de montar uma equipa remendada, já que não podia contar com oito jogadores lesionados: Filipe Ferreira, Francisco Afonso, Ricardo, Paulo Henrique, Miguel Vieira, Rabiola, Cícero e João Góis. Por isso o extremo Cristian foi lateral esquerdo, uma decisão que se revelou crucial no jogo já que dois golos do Sporting nasceram do lado direito da equipa de Alvalade.

O Sporting, já sabendo da vitória do FC Porto frente ao Estoril, entrou a todo o gás no encontro. Bas Dost, Bryan Ruiz e Gelson estiveram perto do golo que viria a surgir logo aos 12 minutos. Adrien envolveu-se num lance com Monteiro na área, o capitão apareceu no relvado. O árbitro Fábio Veríssimo marcou penálti que o próprio Adrien converteu.

A partir daí desmoronou a estratégia do Paços de Ferreira, que ia tendo dificuldades para travar o Sporting. O lado direito do ataque leonino, esquerdo da defesa pacense era uma autêntica autoestrada. O Sporting aproveitou o mau posicionamento de Cristian para marcar dois golos vindos do lado direito. O primeiro aos 32 minutos por Bas Dost, a passe de Schelotto. O italo-argentino foi isolado por Alan Ruiz com um grande passe. O segundo aos 35 minutos por Gelson Martins. O jovem extremo recebeu, picou a bola por cima do guarda-redes, dominou e rematou para a baliza deserta, fazendo um golaço. Todos os lances saíram do lado esquerdo da defensiva pacense.

Adrien Silva e Bas Dost podiam ter aumentado a vantagem no primeiro tempo mas falharam o alvo. O Paços tinha boas ideias, conseguia sair a jogar, com um futebol apoiado, mas faltava mais definição no último passe. Destaque ainda para um amarelo mostrado a William Carvalho que o retira do jogo com o FC Porto no Dragão, na próxima ronda.

No segundo tempo Vasco Seabra corrigiu posicionamentos já que o Paços de Ferreira veio com outra atitude e outra disposição. Atitude materializada em golo logo aos 50 minutos por Welthon, o goleador da equipa. O brasileiro apareceu na pequena área a desviar um centro de Christian.

Um golo que intranquilizou o Sporting e galvanizou o Paços. Patrício teve de intervir aos 59 para evitar novo golo de Welthon, a passe de Barnes. Muito espaço na defensiva leonina. Da ameaça ao golo, passaram 17 minutos, numa altura em que o Paços de Ferreira estava por cima. O brasileiro Welthon aproveitou um desvio no primeiro poste após canto para reduzir para 2-3. O golo podia intranquilizar ainda mais o Sporting e lançar os ´castores` para o empate mas um erro de Defendi aos 79 minutos permitiu a Bas Dost bisar e fazer o 4-2, dando assim uma forte ´machadada` nas aspirações pacenses de pontuar em Alvalade. Era o bis do holandês que leva 16 golos na I Liga.

Por esta altura Jesus, já a pensar no jogo com o FC Porto, tirou Adrien Silva e Bruno César, jogadores que estavam ´tapados` e podiam falhar o próximo jogo caso vissem um amarelo. Também saiu Alan Ruiz. Entraram Palhinha, Zeegelaar e Matheus Pereira.

Os 43843 espectadores que estiveram em Alvalade apanharam novo calafrio quando Phelype obrigou Patrício a mais uma grande defesa, aos 86 minutos. O Sporting foi mantendo a bola até ao apito final.

Os ´leões` estão assim de volta aos triunfos mas vão ao Dragão no sábado sem William Carvalho. Bas Dost reforçou a sua posição na liderança dos melhores marcadores. Jesus tem muito que corrigir já que a defesa continua a ser muito permissível. A equipa leonina sobe, provisoriamente, ao 3.º lugar, ultrapassando o SC Braga que só joga na 5.ª feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.