O Benfica venceu o Vitória de Guimarães por 3-2 em jogo a contar para a primeira jornada do campeonato nacional. O número 21 dos 'encarnados' foi a figura da primeira parte ao assinar o primeiro golo do campeonato e o primeiro 'hat-trick' da época. No segundo tempo, André André e Celis reduziram para a equipa de Guimarães e deixaram o resultado em aberto até ao apito final.

No regresso da equipa de Rui Vitória ao Estádio da Luz após o triunfo tangencial frente ao Fenerbahçe para a primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, o técnico do Benfica manteve o onze incial que derrotou o conjunto turco com o avançado argentino Ferreyra como principal referência do ataque dos 'encarnados'.

O Vitória de Guimarães de Luíz Castro apresentou-se na Luz com Osorio e João Afonso no centro da defesa e com Tallo Junior na frente de ataque com o apoio do trio Tyler Boyd-João Teixeira e Ola John. A equipa visitante criou a primeira oportunidade de golo por intermédio de Tallo Junior, mas o cabeceamento do avançado vimaranense foi travado por Vlachodimos com uma excelente defesa.

Aos 11' minutos, o Benfica inaugurou o marcador por intermédio de Pizzi numa jogada em que Gedson foi crucial. O jovem médio português aproveitou uma recuperação de bola no meio-campo ofensivo dos 'encarnados' para lançar a equipa para o ataque. André André não conseguiu travar o número 83 do Benfica que cruzou para a área onde um corte de João Afonso permitiu a Pizzi inaugurar o marcador com um remate rasteiro e colocado.

Em desvantagem, a equipa de Luís Castro tentou reagir, mas uma grande penalidade de Rafa Soares sobre Salvio foi assinalada. Ferreyra chamado à marca dos onze metros rematou denunciado para defesa de Douglas. Na recarga, o guardião dos vimaranenses voltou a mostrar serviço com três defesas apertadas.

A intervenção de Douglas deu moral à formação minhota que aos 20' minutos esteve perto do empate. João Carlos Teixeira aproveitou um mau passe de Fejsa e em boa posição na área de Vlachodimos atirou à baliza. O guarda-redes do Benfica fez uma defesa incompleta e na recarga Tyler Boyd não fez melhor do que atirar ao poste.

O segundo golo do Benfica acabaria por surgir aos 30' minutos numa excelente jogada de entendimento do lado direito do ataque 'encarnado' com Salvio a combinar com André Almeida para uma assistência magistral para Pizzi fazer o 2-0.

Antes do intervalo, o número 21 assinou o 'hat-trick' aos 38' minutos depois de uma jogada de Grimaldo do lado esquerdo com intervenção indirecta de Ferreyra. O avançado argentino deixou a bola passar por debaixo das pernas e permitiu a Pizzi uma posição previlegiada para fazer o 3-0 e assinar uma primeira parte de sonho no Estádio da Luz.

No segundo tempo, Luís Castro deixou Ola John no balneário e lançou Davidson na partida. A vantagem de três golos deu conforto ao Benfica e o Vitória de Guimarães sentiu muitas dificuldades para reentrar no jogo.

Depois de uma primeira parte de alto nível de Salvio, o extremo argentino continuou no segundo tempo a criar muitas dificuldades a Rafa Soares no lado direito do ataque do Benfica e aos 54' minutos quase ampliava a vantagem dos 'encarnados', mas uma defesa segura de Douglas negou o golo ao número 18 da Luz.

Aos 62' minutos, Luís Castro operou a segunda substituição do jogo com a saída de João Carlos Teixeira para a entrada de Celis. O Vitória de Guimarães tentou reagir e o seu técnico esgotou as substituições minutos depois com a entrada de Alexandre Guedes para a saída de Tallo Jr.

Rui Vitória respondeu com a entrada de Rafa Silva e Alfa Semedo para as saídas de Cervi e Fejsa respectivamente. Aos 69' minutos, Grimaldo tentou um remate forte e cruzado, mas Douglas negou o golo ao lateral espanhol e instantes depois foi o Vitória SC a reagir com um remate inesperado de Tyler Boyd, mas Vlachodimos conseguiu afastar a bola para a frente.

Um minuto depois, André André recebeu uma bola no interior da área do Benfica e rematou à meia volta para o 3-1. O golo galvanizou a equipa do Vitória de Guimarães e já com Zivkovic em campo Celis fez o 3-2 aos 80' minutos após assistência de André André.

Com o cronómetro a caminhar rapidamente para o final, a formação de Luís Castro ganhou confiança e dominou as operações no relvado. Alfa Semedo sentiu dificuldades para travar as movimentações do meio-campo vimaranense e nas bancadas da Luz temeu-se pelos três pontos.

Com este resultado, o Benfica soma os primeiros três pontos do campeonato antes de uma deslocação difícil à Turquia para defrontar o Fenerbahçe em jogo da segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.