O treinador do FC Porto, Vítor Pereira, considerou que a vitória no clássico foi um prémio por todo o trabalho realizado pela equipa portista desde o apito inicial. O técnico portista teceu ainda rasgados elogios à irreverência de Kelvin e pediu aos adeptos do FC Porto para que compareçam em massa no próximo jogo com o Paços de Ferreira.

«Quero valorizar a equipa e os adeptos. A equipa mereceu do primeiro ao ultimo minuto a vitória e fomos premiados no fim depois de um campeonato difícil, e que continua difícil. Temos uma final para jogar com o Paços, a terceira melhor equipa do campeonato e temos um jogo muito difícil para discutir», começou por dizer Vítor Pereira no flash interview da Sport TV.

«Tínhamos que arriscar e o Kelvin teve muito mérito pois tem qualidade e a irreverencia de chegar a um jogo destes e rematar daquela maneira. A nossa equipa foi a única equipa que jogou para ganhar, o Benfica tem a sua qualidade mas em termos gerais fomos os melhores», acrescentou o técnico portista.

«Independentemente do resultado final do campeonato, reconheço grande capacidade ao treinador do Benfica», afirmou ainda Vítor Pereira sobre o rival encarnado.

Em relação à forma como celebrou o triunfo, Vítor Pereira escusou-se a comentar as lágrimas que lhe correram no rosto, mas deixou um apelo aos adeptos do FC Porto para que compareçam em massa na Mata Real.

«Não quero abordar esse assunto quero é pedir aos nossos adeptos que venham em massa ao estádio do Paços de Ferreira e que nos ajudem numa vitória difícil para mais um titulo para o FC Porto. Acreditamos no nosso trabalho e vamos a Paços procurar garantir o título», sentenciou Vítor Pereira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.