O treinador António Conceição foi hoje apresentado como técnico da equipa principal de futebol do Belenenses e prometeu “trabalho, honestidade e profissionalismo” para tirar o “clube histórico” do último lugar da Liga de futebol.

“Agradeço o convite. Sinto enorme satisfação por fazer parte deste clube histórico e estou empenhado em dar o melhor de mim para ajudar o Belenenses a sair da situação em que se encontra”, disse o novo treinador dos “azuis”, durante a conferência de apresentação, realizada no Estádio do Restelo.

O técnico português, que assinou contrato até final da presente época, sucedendo a João Carlos Pereira no comando da equipa de futebol, promete “trabalho, honestidade e profissionalismo” para ultrapassar a fase difícil que o clube atravessa na Liga de futebol.

“Espera-nos uma tarefa muito árdua para tirar o Belenenses da situação em que se encontra e todo o apoio dos sócios será fundamental. É um desafio muito grande, mas não tenho medo de desafios”, afirmou António Conceição, assumindo que vai “exigir mais da equipa”.

Após passagens por Sporting de Braga, Naval 1.º de Maio, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Trofense e os romenos do Cluj, o novo timoneiro do conjunto do Restelo já pediu à direcção “para fazer um esforço adicional para contratar um ou outro jogador, de forma a recuperar na tabela”, mas garante que o mais importante é “recuperar os jogadores”.

“Neste momento, o objectivo passa por recuperar os jogadores, especialmente um ou outro que possa estar adormecido e a passar ao lado do campeonato. Temos de crescer em termos de motivação e adquirir melhores níveis de confiança”, afiançou.

Num acordo que foi “consensual”, o treinador rejeita dramatismo por ter assinado apenas por seis meses, reiterando que “é mais importante tirar o Belenenses da actual situação do que discutir o contrato do treinador”, embora mostre disponibilidade para continuar, caso os resultados sejam positivos.

O presidente do Belenenses, Viana de Carvalho, mostrou-se satisfeito pela aposta feita, lembrando que “os resultados não têm sido aqueles que a direcção quer”, pelo que a opção recaiu na “mudança da equipa técnica”.

“Procurávamos um treinador com provas dadas, com currículo, que conhecesse os nossos principais campeonatos e com capacidade para inverter a actual situação. Entendemos que o António Conceição encaixava neste perfil e foi fácil chegar a acordo”, disse o dirigente máximo dos “azuis”.

Viana de Carvalho deu as boas vindas ao novo treinador, pedindo que este “garanta um campeonato tranquilo e que faça com que o Belenenses ultrapasse os sobressaltos dos últimos tempos”.

Com António Conceição, ingressam na equipa técnica os adjuntos Luís Baltasar e João Renato, enquanto Murça, técnico que trabalha há vários anos no Restelo, mantém-se como treinador dos guarda-redes.

O Belenenses tem agendado o regresso aos trabalhos para o próximo dia 28 de Dezembro, após a pausa natalícia, mas apenas no dia 11 de Janeiro regressará à competição, no encontro frente ao Vitória de Setúbal, da 15.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, que marcará a estreia do novo técnico no banco dos “azuis”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.