A Torcida Verde, uma das claques do Sporting, reagiu esta tarde à mudança de João Mário para o benfica, depois de ter sido campeão com o Sporting na última época.

Num longo comunicado, publicado nas redes sociais, o grupo recorda que "há muito tomou posição no que diz respeito ao relacionamento com os futebolistas profissionais", destacando a mudança no futebol, que passou a ser um negócio, "o qual os futebolistas são "activos" sempre no mercado", o que alterou a ligação de jogadores com adeptos.

"O facto de não promovermos os futebolistas à condição de "ídolos" jamais significou qualquer antagonismo ou hostilidade. Ao contrário, a Torcida Verde, em algum momento participou em acções formais ou informais hostis contra quaisquer profissionais do SCP", escrevem.

A Torcida Verde aborda o diretamente o caso de João Mário, "um profissional de futebol", que "mudou para uma entidade patronal que lhe propiciará, faustas condições materiais".

"Quem pode "exigir" a um adepto do SCP, a idólatra a um atleta, o qual estará "fatalmente de passagem" pelo nosso clube? Zero ídolos! Pelo Sporting e por mais ninguém!", concluem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.