A primeira derrota do FC Porto na Liga continua a dar que falar. Os 'dragões' foram finalmente batidos em Portugal, ao perderem na Mata Real com o Paços de Ferreira por 1-0, relançando assim o campeonato. No final do encontro, Sérgio Conceição dirigiu algumas palavras a João Henriques, técnico dos 'castores' e recusou cumprimenta-lo.

Assim que Bruno Paixão apitou para o final do encontro, começou a circular nas redes sociais um vídeo de uma alegada cuspidela do treinador do FC Porto ao seu homólogo do Paços. João Henriques esclareceu a polémica esta segunda-feira.

"Não, não houve cuspidela nenhuma. Foi só um desabafo no final do jogo, em que, como toda a gente viu, [o Sérgio Conceição] não me quis cumprimentar e desabafou naquele momento de frustração. Foi uma situação absolutamente normal, mas, como também toda a gente concorda, incorreta na questão do cumprimento. Tudo o resto são situações normais do futebol", disse hoje João Henriques, em declarações à agência Lusa.

O técnico pacense falou em “emoções do momento”, próprias de um “final de jogo”, e que “a situação está ultrapassada”.

“Depois do jogo, nas conferências de imprensa, dissemos o que tínhamos a dizer, e, a partir de agora, é tudo normal entre dois profissionais de futebol”, explicou.

João Henriques disse ainda que não é pessoa de guardar rancor e, por isso, não terá problemas em voltar a estender a mão a Sérgio Conceição numa próxima ocasião.

“É assim que entendo que deve acontecer entre colegas de profissão, as pessoas devem cumprimentar-se no final dos jogos. Para mim, é uma situação fácil de ultrapassar. Sem rancor algum”, acrescentou.

Para o técnico pacense, o mais importante do jogo com o FC Porto foi o significado que a vitória (1-0) poderá ter junto da equipa nas oito jornadas que faltam disputar da I Liga.

“Este jogo pode ser o tónico para começarmos a fazer aquilo que devíamos de ter começado mais cedo, procurando aliar as exibições aos resultados. Temos já um jogo importante no Estoril Praia nesta nossa caminhada de estabilizar a equipa na tabela classificativa. Esta vitória vem dar esse alento para enfrentarmos estas últimas oito jornadas”, concluiu.

O FC Porto caiu no domingo em casa do Paços de Ferreira, perdendo por 1-0 e sofrendo a primeira derrota para o campeonato, o que permitiu que o Benfica fechasse a 26.ª jornada a dois pontos e o Sporting, em caso de triunfar hoje em Chaves, ficar a cinco.

Este foi o terceiro jogo seguido do FC Porto sem vencer em casa do Paços de Ferreira para a Primeira Liga.

*Artigo atualizado às 18h50

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.