Nas últimas dez temporadas de confrontos entre o Sporting e o Benfica em Alvalade para a Primeira Liga, regista-se quatro vitórias para cada lado, e dois empates entre os dois rivais de Lisboa.

Mas este tem sido também um jogo rico em peripécias e raramente acaba sem polémicas. Pela intensidade que os jogadores colocam na disputa dos lances, raramente os jogos entre Sporting e Benfica terminaram com 11 jogadores de cada lado.

Se tivermos em linha de análise as últimas dez temporadas, constata-se que foram mostrados nove cartões vermelhos e 66 amarelos, o que dá uma média de quase uma expulsão por partida e quase sete amarelos por encontro.

Nesse aspeto o Benfica tem sido o mais castigado. Os jogadores encarnados viram seis vermelhos contra três do adversário, sendo que os defesas são os mais visados: Luisão, Sidnei, Nélson, Ricardo Rocha e Alcides pelo Benfica e Bhoularouz, Polga e Rui Jorge pelo Sporting. O outro vermelho foi mostrado a Nuno Gomes.

Das nove cartolinas vermelhas, seis foram diretos (Bhoularouz, Rui Jorge, Alcides, Nélson, Ricardo Rocha e Nuno Gomes) e três foram por acumulação de amarelos (Luisão, Sidnei e Polga).

Em relação aos amarelos, é o Benfica quem é mais vezes visado pelo árbitro. As "águias" viram cartões amarelos em 34 ocasiões, contra 32 do rival da Segunda circular.

Das vezes que uma equipa terminou em inferioridade numérica, perdeu quase sempre. Foi assim em 2012/2013, quando Bhoularouz foi expulso e o Sporting perdeu por 3-1. O mesmo sucedeu com o Benfica em 201172012, com a expulsão de Luisão e vitória leonina por 1-0. Assim como e 2005/2006, com Ricardo Rocha a receber ordem de expulsão e o Sporting a vencer por 2-1.

Mas os encarnados já terminaram com menos um e não perderam: empataram 1-1 em 2007/2008 e venceram por 2-0 em 2010/2011.

Nas últimas dez temporadas, o jogo com menos cartões foi o da temporada 2005/2006, que o Sporting venceu por 2-1. Na época 2011/2012 verificou-se o oposto, com o árbitro Artur Soares Dias a puxar por 12 vezes pela cartolina amarela e uma vez pela vermelha.

Sabendo que estes jogos entre Benfica e Sporting costuma ser "durinhos", o estreante Hugo Miguel terá de saber lidar com a intensidade do jogo e o ambiente, podendo optar por uma atitude mais permissiva, deixando jogar, ou então não dando margem de manobras aos jogadores, se adotar uma postura mais rigorosa na interpretação das leis do jogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.