De acordo com a mesma fonte, o elemento, que tem «cerca de 25 ou 26 anos», está «indiciado por tráfico de droga», depois de ter sido apanhado numa das buscas domiciliárias com 5,5 quilogramas de haxixe e 65 gramas de cocaína.

Na conferência de imprensa de hoje, Resende da Silva, comandante da Divisão de Investigação Criminal da PSP, já tinha revelado que este material «indicia atividade de tráfico de estupefacientes».

Quanto aos restantes oito arguidos, e ainda de acordo com a mesma fonte, quatro ficaram «proibidos de frequentar recintos desportivos, nomeadamente estádios de futebol e um deles também de frequentar pavilhões de futsal».

Por seu lado, e em relação aos outros quatro, o juiz «determinou que se apresentem semanalmente às autoridades».

A investigação iniciou-se a 21 de fevereiro, dia em que Sporting e Benfica se defrontaram em Alvalade para a 20.ª jornada da Liga de futebol, e só quinta-feira se procederam às detenções.

Neste processo de investigação, que contou com a colaboração do Sporting, foram realizadas seis buscas domiciliárias e uma outra à sede da Juve Leo, onde foram apreendidos 28 potes de fumo e um petardo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.