O presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), Luciano Gonçalves, revelou que o árbitro Fábio Veríssimo "encontra-se bem", depois de ter testado positivo para a COVID-19.

Segundo o dirigente da APAF, o juiz de Leiria contagiou-se através de uma pessoa da família, "próxima", e não em Itália, onde apitou um jogo da UEFA Youth League no passado dia 10 de março.

"Já falei com o Fábio [Veríssimo], encontra-se bem, a seguir as indicações médicas e a fazer o tratamento indicado. Um árbitro não é mais do que qualquer outra pessoa e tem de seguir os mesmos passos. O que interessa ressalvar é que está bem. Relatou-me que tinha tido alguma febre e, por isso, fez o teste. Tinha estado com o Pedro Martins e o Pedro Mota [auxiliares] em Itália, fizeram quarentena... E agora, a título particular, em contacto com familiares... um familiar próximo dele testou positivo, voltou a ter sintomas, fez o teste e recebeu hoje [segunda-feira] o resultado positivo", explicou Luciano Gonçalves à Rádio Renascença.

"A APAF, mesmo muito limitada nos meios ao nível de saúde, para o que ele necessitar - ou outro árbitro, independentemente da categoria - estará cá para o ajudar ou para procurar ajuda. Mas também sabemos que está a ser acompanhado pela Unidade de Saúde e Performance da federação (Portuguesa de Futebol), para o que ele necessitar e, ao minuto", sublinha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.