Segundo o administrador Mário Cruz, “há uma incompatibilidade entre a administração da SAD e o treinador”, avançando que a rescisão com o técnico, que tinha contrato até 2012, acontecerá “hoje mesmo ou amanhã de manhã (quinta-feira)”.

Mário Cruz não avançou as razões na base dos desentendimentos.

“São questões internas. Da nossa parte não haverá qualquer palavra sobre isso”, frisou.

Sobre o substituto de Lito Vidigal, o administrador da União de Leiria disse ainda não estar encontrado, mas “será uma decisão a tomar rapidamente”.

“Faço votos que esta saída não tenha efeitos negativos junto da equipa. Ainda estamos numa fase muito inicial da época e temos tempo para rectificar as coisas”, sublinhou.

A União de Leiria disputa a Liga portuguesa de futebol, tendo terminado a época passada na nona posição. A equipa iniciou os treinos de preparação para a nova temporada na segunda-feira, na Quinta do Pinheiro, na Nazaré.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.