Francisco Salgado Zenha, vice-presidente do Sporting, falou ao jornal 'Expresso' das movimentações que conduziram à saída de Bruno Fernandes dos 'leões' para o Manchester United.

De acordo com o dirigente leonino, os 'red devils' estavam convictos de que o Sporting iria acabar por ceder no valor inicialmente proposto, o que acabou por não acontecer. "Apercebi-me nas negociações que o Manchester United estava convencido de que íamos ceder e que por 50 milhões de euros fazia o negócio. Pois muito bem, acabaram a pagar 65 milhões", afirmou àquela publicação.

Segundo Salgado Zenha a formação inglesa estava a contar com algum "desespero" por parte do conjunto leonino. "Enganaram-se e acabaram por pagar o que nós queríamos. Fomos buscar mais 20 milhões do que se tivéssemos vendido há quatro meses", frisou.

Bruno Fernandes, recorde-se, acabou por ser vendido pelo Sporting ao Manchester United perto do final do mercado de transferências de janeiro, com o conjunto leonino a receber 55 milhões de euros no imediato, aos quais poderão ainda acrescer mais 25 milhões de euros em variáveis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.