“A equipa está preparada para entrar no jogo para ganhar”, declarou o técnico holandês na conferência de imprensa de antevisão do encontro, realizada no complexo do Marítimo, em Santo António.

Mitchell Van der Gaag afirmou que “todos os jogos são difíceis e contra o Olhanense também”, reconhecendo que o adversário “tem uma equipa boa e forte, mas que, não tem tido tanta sorte, apesar de jogar bem”.

Para o treinador do Marítimo as ausências no plantel, devido a lesões e à Gripe A, abrem oportunidades para outros profissionais mostrarem as suas capacidades.

“Temos um plantel composto por 24 jogadores e se alguém não pode jogar porque está com problemas, outro jogador tem de agarrar a oportunidade”, salientou.

Questionado sobre uma eventual aposta no jovem Tito, em substituição do médio Bruno, o treinador holandês garantiu: “O Tito faz parte do plantel e tem qualidade”.

Mitchell Van der Gaag deixou ainda palavras de solidariedade para com o treinador do Nacional, Manuel Machado, que se encontra hospitalizado em coma induzido nos cuidados intensivos do Hospital Nélio Mendonça, no Funchal.

“Aproveito este momento, em nome pessoal e em nome da equipa técnica e do plantel do Marítimo, para desejar todo o sucesso para um colega que está a travar o maior e mais importante jogo da sua vida”, declarou, desejando que “volte o mais rápido possível”.

Van der Gaag deixou ainda uma palavra de esperança à família do técnico hospitalizado: “Deixo uma mensagem para a família de fé e confiança, e o nosso suporte neste momento tão difícil. Esse sim é um jogo que tem de vencer, custe o que custar para voltar o mais rápido possível”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.