O treinador, da Naval, Rogério Gonçalves, disse hoje que vencer o Nacional na 13.ª jornada da Liga portuguesa de futebol é o objectivo principal, para aumentar os níveis de confiança

“Temos consciência que não será fácil, mas face aos últimos resultados que fizemos derrotas com Benfica e Rio Ave - não nos resta alternativa senão procurar fazer tudo o que nos é possível para conquistar pontos”, disse o treinador.

“Temos todo o respeito pelo nosso adversário, uma excelente equipa a fazer um bom campeonato, bem colocada e tranquila na tabela, todavia, não nos poderemos sentir inibidos de lutar pela vitória” vincou o treinador da equipa da Figueira da Foz.

“Uma equipa que perde não terá certamente grande nível de confiança” assume o técnico navalista, “daí esperar um bom jogo e uma vitória frente ao Nacional, vitória que dará alento para rapidamente sair da situação actual".

Rogério Gonçalves entretanto deixou alguns recados com destinatário “existem outros factores” referindo-se claramente às arbitragens acusando:

“Não nos têm visto com bons olhos.”

“As imagens que temos em nosso poder e enviadas à Liga estão ao dispor de todos, para que se verifique alguns erros que contra nós foram cometidos e que causaram graves prejuízos para a equipa” expressou.

“Para muitos podem ser pormenores, mas não deixam de ser erros claros que nos têm prejudicado e não nos permitem ter mais pontos”, concluiu.

Nacional e Naval, respectivamente 8.º e 16.º com 17 e cinco pontos, defrontam-se no domingo no Estádio da Madeira pelas 16 horas, partida que será dirigida pelo portuense, Hugo Pacheco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.