A SAD do FC Porto anunciou hoje que o negócio de venda de parte dos direitos desportivos sobre o futebolista colombiano James Rodriguez ficou por concretizar, segundo comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“(...) Em virtude de não ter sido alcançado um acordo definitivo sobre o clausulado do respectivo contrato de investimento, não foi ainda formalizado o contrato com a Gol Football Luxembourg para a alienação, em regime de associação económica, de 35 por cento dos direitos económicos do jogador James Rodriguez”, lê-se no documento.

Assim, ficou, para já, sem efeito o negócio de 2,55 milhões de euros com o fundo de investimento Gol Football Luxemburg, relativo àquele jogador sul-americano, contratado esta temporada pelo FC Porto.

Na mesma altura, a SAD “azul e branca” anunciou a venda de 37,5 por cento do passe do internacional português João Moutinho à Mamers B.V., por 4,125 milhões de euros, e de 25 dos direitos desportivos sobre o brasileiro Walter Pearl à Design Holding Ltd, por 2,125 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.