Bruno Lage discursou na Gala do 116.º aniversário do Benfica, no Campo Pequeno, em Lisboa onde recebeu o prémio para melhor treinador do ano.

Foi Vieira que subiu ao palco para entregar o prémio ao treinador da equipa principal do Benfica. Lage começou por fazer os devidos agradecimentos, dedicando-o a um dos seus mentores, Jaime Graça.

"Primeira palavra para tantos e tão bons treinadores que fazem do Benfica um Benfica maior. Agradecer este prémio ao nosso presidente, direção, estrutura do futebol profissional, equipa técnica e aos jogadores, são eles que dentro do campo tornam tudo de bom", começou por dizer, questionando. Quem é que estava aqui há oito anos...? Eu estava e o presidente também. Há oito anos também estava nomeado. Nesse dia de manhã recebemos a notícia que um grande amigo tinha partido, o mister Jaime Graça. Eu estava aí entre os nomeados, tinha acabado de vencer o campeonato de juvenis e com uma vontade de vencer este troféu e dedicá-lo a Jaime Graça. Sete anos e meio depois posso fazer a minha homenagem e a dedicar-lhe este trabalho."

O técnico recorda ainda o ano fantástico do Benfica, mas também lembra o "mês terrível." Lage  apela ainda o apoio dos adeptos para o que resta da temporada para que a equipa encarnada possa conquistar o campeonato e a Taça de Portugal.

"Com este prémio na mão, fizemos um ano fantástico, e um mês terrível, com este prémio na mão gostaria de dedicar aos benfiquistas que ao longos destes tempos nos têm apoiado. Não só aqueles que nos batem palmas, mas aqueles que nos assobiam, essa é a verdadeira paixão. Os que assobiam horas depois do jogo dão-nos força depois para nos levantarmos. Este é um tempo de união e a união passa por todos nós apoiarmos os miúdos, lutarmos pelas nossas cores", disse, prosseguindo.  "Temos que apoiar o gajo de 30 anos que recebeu um prémio e que chora por ter falhado uma grande penalidade. A grandeza do clube tem sido feita por grandes jogadores e ex-jogadores que têm feitos fantásticos. Têm levado o nome do Benfica ao mais alto nível e o Benfica é grande por esses feitos. São os adeptos que fazem do Benfica um grande clube. Nós temos adeptos em quatro cantos do mundo, é o momento de nos apoiarem para nos darmos alegrias, pelo Benfica.", finalizou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.