O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, inaugurou hoje a nova Casa do Benfica de Torres Vedras, fundada em 1994, que também passa a ter a nova imagem uniformizada das casas do clube.

Luís Filipe Vieira, que falava no início do almoço com mais de 400 benfiquistas, a seguir à inauguração, sublinhou que a nova imagem uniformizada era uma “necessidade a que era preciso responder”.

O dirigente considerou ser “importante que as casas se integrem cada vez mais na comunidade onde estão inseridas”, classificando-as como “embaixadas do Benfica”, e que ao mesmo tempo sejam “instrumentos de intervenção regional, a nível social, desportivo e cultural”.

Aos benfiquistas de Torres Vedras, o líder "encarnado" não quis “prometer vitórias ou garantir campeonatos, porque isso só podem prometer aqueles que se movimentam em zonas escuras, onde a ética não entra”.

Ao repto lançado pelo presidente da Câmara de Torres Vedras para o Benfica vencer domingo o jogo com o FC Porto, da 14.ª jornada da Liga de futebol, Luís Filipe Vieira limitou-se a responder: “logo se vê”.

Na festa de inauguração da nova Casa do Benfica de Torres Vedras, participaram os ex-futebolistas Artur Santos e Garrido, Ricardinho (futsal) e Vítor Fortunato (ex-jogador de hóquei do clube actual jogador da Física de Torres Vedras).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.