André Villas-Boas falou esta segunda-feira sobre o futuro do comando técnico do FC Porto e admitiu que gostava que Sérgio Conceição renovasse contrato.

"Espero que ele se mantenha, gostava que o Sérgio continuasse. Joguei contra ele, perdi os dois jogos e perdi-os bem. Sei que o Sérgio leva tudo aos limites, é muito concentrado. Treinar o FC Porto é muito exigente. O presidente Pinto da Costa aposta nesse sentido, tem intenções muito claras e acho que o Sérgio também. Esperamos que haja entendimento e renovação", salientou à margem da apresentação da Associação Race for Good.

Questionado sobre o desejo de, um dia, liderar o clube portista, Villas-Boas remeteu essa resposta para mais tarde. "Atendendo ao trajeto do presidente, que deu tanto sucesso, não é momento para falar disso, estamos bem entregues. Não me vou repetir relativamente a isso, mas para avançar teria de ser um projeto abrangente, com toda a nação portista", revelou.

Recorde-se que André Villas-Boas está sem clube desde que deixou o Marselha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.