Nuno Morais está actualmente a jogar no Chipre, ao serviço do Apoel, mas em conversa com o SAPO Desporto recordou os tempos em que passou pelo Chelsea. Entre as épocas de 2004 e 2006 era José Mourinho quem comandava os blues, mas na sua equipa técnica estava aquele que hoje é o novo treinador do Chelsea, André Villas-Boas.

O defesa português reconhece mérito ao ex-treinador do FC Porto nesta sua chegada à Premier League:

«Fico muito feliz, porque acho que ele merece a melhor sorte do mundo. É um profissional exemplar e tenta sempre fazer as coisas com a máxima perfeição possível. Aliás, isso foi visível na época que teve ao serviço do FC Porto.»

Nuno Morais lembra «uma pessoa muito divertida, que procurava fazer o seu trabalho na maior das perfeições e sempre atento a tudo o que pudesse ajudá-lo a crescer no mundo do futebol».

Por isso mesmo, o defesa do Apoel confessa que não ficou surpreendido com a ascensão meteórica do técnico português:

«Não fiquei surpreendido porque ele sempre demonstrou ser uma pessoa bastante inteligente e muito concentrada no seu trabalho. Desde que ele foi para o FC Porto e assumiu o cargo de treinador que sabia que ia dar certo.»

Nuno Morais lembra que ter trabalhado com José Mourinho «ajudou» Villas-Boas, mas rejeita a ideia de que o novo treinador do Chelsea esteja “colado” ao Special One.

«Com este ano no FC Porto, penso que o Mourinho já faz parte do passado e ele já criou a sua própria imagem.»

A terminar, o defesa, que actuou nos londrinos entre 2004 e 2006, sublinha que Villas-Boas vai encontrar um excelente ambiente em Inglaterra, embora ressalve que o Chelsea está obrigado a ganhar.

«O Chelsea é uma das melhores equipas do Mundo e o objectivo é sempre ganhar. É certo que vai ter essa pressão sobre ele, mas quem está numa equipa grande tem de estar habituado a isso.»

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.