Vítor Murta encabeça a única lista candidata à direção do Boavista para o triénio 2019/2021, pelo que vai suceder a João Loureiro, candidato ao Conselho Geral, anunciou na quarta-feira o Boavista.

Líder do clube ‘axadrezado’ em 2007, quando João Loureiro suspendeu o mandato, Vítor Murta vai, assim, voltar ao comando do clube portuense.

João Loureiro, que comanda o clube desde 28 de dezembro de 2012, disse, em comunicado, que decidiu não se recandidatar após uma “profunda reflexão”, e depois de ter “concluído, no essencial” aquilo a que se propôs quando voltou ao cargo.

Entre outras coisas, o dirigente destaca que, depois da ‘travessia do deserto’, o Boavista está estabilizado na I Liga de futebol, cumprindo a “quinta temporada consecutiva”.

O Boavista anunciou que “foi verificada a total conformidade aos Estatutos” da única lista candidata, pelo que os novos órgãos poderão tomar posse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.