O treinador Vítor Oliveira assegurou hoje que o Gil Vicente entrará motivado na visita ao Santa Clara, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol, para inverter uma sequência de cinco jogos sem vencer na prova.

"A procissão ainda vai no adro, mas temos saudades de vitórias, que são o alimento principal das equipas. Vamos à procura de pontos e da sorte, que nos tem faltado nestes últimos jogos, mas que por si só não pode justificar nada", reconheceu o técnico, na conferência de antevisão ao desafio de domingo, no Estádio Cidade de Barcelos.

Depois do triunfo a abrir o campeonato, diante do FC Porto (2-1), os minhotos não voltaram a somar qualquer vitória nas cinco jornadas posteriores e registaram uma entrada em falso na fase de grupos da Taça da Liga, na quarta-feira, ao perderem na receção ao Portimonense (2-1).

Com base nesses encontros, Vítor Oliveira salientou que o Gil Vicente tem de "melhorar a eficácia ofensiva" e "cometer menos erros primários", como sucedeu no embate com os algarvios, que serviu para testar jogadores com menos ritmo competitivo.

"Não ganhámos um plantel, mas ficamos mais elucidados sobre o valor atual de alguns jogadores que podem ser úteis nas próximas jornadas. Estes jogos são importantes para aferir em competição a qualidade dos jogadores. Foi o que fizemos na quarta-feira e posso dizer que fiquei satisfeito", revelou.

Sobre os açorianos, Vítor Oliveira falou de um adversário que "deu boa conta de si na época passada" e está a repetir a performance esta temporada, fruto de "uma equipa organizada, perigosa nas saídas em transição e que quererá aproveitar o ‘fator casa’".

Instado a comentar a aproximação de um novo interregno na I Liga, que vai interromper o campeonato durante três semanas, o técnico admitiu que a paragem beneficia mais os interesses gilistas do que a modalidade.

"Esta paragem dá tempo para recuperarmos alguns jogadores e poderá ajudar-nos a cimentar alguns princípios que são necessários trabalhar para melhorar o coletivo. Para nós esta paragem é boa, para o futebol não é o ideal", concluiu.

Os dois clubes mediram forças em seis ocasiões no escalão máximo do futebol português, tendo os açorianos vencido metade dos confrontos com os barcelenses, o último dos quais em fevereiro de 2003.

O Gil Vicente, 12.º colocado, com seis pontos, visita o Santa Clara, na nona posição, com oito, no domingo, às 15:00, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.