Vítor Pereira, antigo treinador do FC Porto que orienta agora o 1860 Munique, da 2ª divisão alemã, abordou os últimos anos do clube 'azul-e-branco'.

"Porque é que o FC Porto deixou de ganhar? Não sei. Mas a partir do momento em que não se ganha, começa-se a sentir desconfiança. Muitas vezes há soberba, quando nós falamos de barriga cheia não damos valor à comida. Mas quando passamos fome, que é o que se está a passar neste momento, quando a barriga está vazia e o clube está ávido de títulos, porque já está há três anos sem ganhar nada, provavelmente aí já se dá valor à comida", comentou, em entrevista à TSF.

O técnico desmentiu ainda o "mito" de que o FC Porto seria capaz de vencer com qualquer treinador. "Isso é um mito. Chegar ao FC Porto até se pode chegar, mas ganhar já não é para qualquer um", defendeu.

Vítor Pereira foi o último treinador a sagrar-se campeão no FC Porto e recordou o momento em que a sua equipa fez Jorge Jesus ajoelhar no Dragão. "É um momento inesquecível, um momento que nenhum adepto vai esquecer durante anos e anos", recordou.

Agora a trabalhar na Alemanha, o treinador admitiu que poderá vir a treinar um rival do FC Porto no futuro, Benfica ou Sporting. "Se me derem a oportunidade, se valorizarem o meu trabalho… Não digo que em Portugal só treino o FC Porto. Sou profissional, a minha grande paixão é o futebol. Tenho filhos, família, tenho de pensar neles", recordou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.