O FC Porto decidiu 'blindar' Vítor Pereira com uma cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. O valor foi revelado pelo presidente portista, Pinto da Costa, na apresentação do antigo adjunto de André Villas-Boas como novo treinador principal dos dragões.

Depois de assinar um contrato válido até 2013, Vítor Pereira não só sucede ao antigo líder da equipa técnica - que agora se prepara para assumir o comando do Chelsea -, como vê a sua cláusula de rescisão superar a de Villas-Boas em três milhões de euros.

Recorde-se que o Chelsea pagou ao FC Porto 15 milhões de euros para assegurar a contratação do técnico de 33 anos, obrigando o clube azul e branco a promover o antigo adjunto a novo treinador principal. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.