O futebolista angolano Nelson da Luz, oficializado sexta-feira como reforço do Vitória de Guimarães, acusou positivo no teste à covid-19 quando chegou a Portugal, informou o clube da I Liga portuguesa de futebol.

O Vitória de Guimarães comunicou que o jogador, oriundo do 1.º de Agosto, testou positivo a SARS-CoV-2 (novo coronavírus) nos exames efetuados à chegada a Portugal, não obstante os resultados negativos que antecederam e permitiram a sua viagem.

Em nota divulgada segunda-feira no seu sítio oficial na internet, a equipa de Guimarães recorda ser o teste condição essencial para a integração no plantel, razão pela qual o extremo, de 22 anos de idade, mesmo assintomático, "não chegou a integrar os trabalhos".

Na sequência do teste positivo, o Vitória de Guimarães cumpriu os "procedimentos protocolares", que passam pela "notificação das autoridades sanitárias", pelo "isolamento do jogador" e "dos funcionários com quem manteve contacto".

A estreia da equipa está agendada para sexta-feira, com a receção ao Belenenses SAD, onde evoluiu o médio ofensivo Manuel Cafumana "Show", outro jogador angolano que esta época foi emprestado ao Boavista.

No entanto, o também angolano Zito Luvumbo, contratado pelo Cagliari de Itália, encontra-se igualmente em período de testes e caso se mantenha negativo até sexta-feira assinará o contrato definitivo com a coletividade da primeira divisão italiana.

O atacante, de 18 anos de idade, também é proveniente do 1.º de Agosto.

O quadro epidemiológico de Angola regista 3.439 casos confirmados de covid-19, com 136 óbitos, 1.324 pacientes recuperados e 1.979 internados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.