Xavi Hernández poderá ser o treinador do Bétis de Sevilha na próxima temporada. De acordo com o jornal catalão 'Sport', o clube andaluz quer oferecer a Xavi a oportunidade de arrancar a sua carreira como treinador, face à iminente saída de Quique Setién, que deverá falhar a presença na próxima edição da Liga Europa.

O antigo médio do Barcelona e atualmente no Al Sadd, treinado por Jesualdo Ferreira, anunciou na quinta-feira que vai ‘pendurar as chuteiras’ no fim desta época e iniciar a carreira de treinador.

“É um privilégio poder jogar futebol até aos 39 anos e gostava de terminar esta época com a conquista da Taça e a qualificação para a próxima fase da Liga dos Campeões asiática. É a minha última época enquanto jogador, mas estou desejoso de ver o que me espera o futuro como treinador”, afirmou o médio, 133 vezes internacional por Espanha (13 golos), em carta aberta.

Um dos grandes jogadores do Barcelona e do futebol mundial, com mais de 500 jogos e quatro Ligas dos Campeões conquistadas, Xavi explicou ainda que se enquadra na filosofia de jogo do holandês Johan Cruyff e da academia de formação dos catalães, na qual se formou e acabou por influenciar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.