O director clínico do Sporting, Gomes Pereira, afirmou hoje que os futebolistas Saleiro e Yannick Djaló devem regressar ao trabalho sem limitações na próxima semana, recusando comentar a situação de Izmailov.

“Yannick e Saleiro treinam já com uma intensidade significativa e, se tudo correr como esperamos, devem integrar o treino na terça-feira, a julgar pela resposta no treino de ontem e hoje”, disse o médico.

Gomes Pereira esteve na sala de imprensa para fazer uma análise das situações clínicas dos jogadores, anunciando que a recuperação de Pedro Mendes está a correr bem, depois de uma lesão “grave e de recuperação demorada”.

“Pedro Mendes realiza treino no terreno, já com alguma intensidade. A previsão foi de seis semanas, está quase a cumprir quatro semanas e até pode antecipar. Após o jogo de Leiria, será reavaliado para ver se integra logo o treino”, afirmou.

Gomes Pereira referiu ainda que Grimi tem apresentado queixas dolorosas na região dorsal e lombar e que como tal deve continuar a realizar na próxima semana treino individualizado, tal como tem acontecido.

Quanto a Anderson Polga, que se lesionou no jogo com o Gent, o clínico referiu que o central sofreu um traumatismo violento na tíbio-társica direita e que apesar de não ser uma lesão grave, o jogador apresenta queixas dolorosas.

“Não deve regressar na próxima semana. O que o limita é o traumatismo e as queixas dolorosas. Vai depender da evolução dia a dia, mas neste momento está inapto”, afirmou.

Também o jovem Tales sofreu um traumatismo com entorse e deverá estar ausente cerca de uma semana.
Gomes Pereira recusou comentar a situação do russo Izmailov.

“O Izmailov não vou prestar informação e não comentar neste momento, por uma razão simples. Não posso, não devo e não quero”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.