Mais uma página negra no futebol argentino: um jogador foi assaltado e baleado quando se dirigia para o treino.

Ariel Acevedo, jogador do Club Deportivo e Social Juventud Unida (equipa que disputa o quinto escalão do futebol argentino) foi assaltado e baleado numa das mãos, quando se dirigia para o treino da equipa.

O médio do CD Social Juventud Unida seguida com mais dois colegas de equipa, Alvaro Brito e Nicolás Riquelme, quando foram abordados por quatro delinquentes, no bairro de Santa María, no município de Muñiz, para um assalto. Um dos jovens que estava armado, disparou contra o grupo, tendo Ariel Acevedo sido atingindo numa das mãos.

O jogador foi transportado para o hospital e encontra-se livre de perigo. Já está em casa a repousar. Os outros colegas alertaram de imediato as autoridades.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.