O Cova da Piedade venceu este domingo por 1-0 o Gil Vicente, com um golo do experiente Silas, assumindo o terceiro lugar da 2.ª Liga, cumpridas 17 jornadas.

Aos 40 anos, Silas mostrou ainda ter muito futebol nos pés, embora a frescura física já não seja a mesma, pelo que o técnico Sérgio Boris não abdica do seu contributo, sendo uma aposta firme no onze titular e tendo contribuído hoje, aos 12 minutos, com o único golo do encontro.

A turma piedense fez o seu único golo no primeiro remate desferido à baliza da equipa gilista. Ricardo Barros escapou pela esquerda, cruzou para o remate direto de Adilson, Vozinha defendeu e, na recarga, o oportuno Silas abriu a contagem.

O Cova da Piedade continuou a mandar'no jogo, com Robson, Silas e Marco Bicho a controlarem o ritmo no meio-campo.

Mas, aos 27 minutos, o árbitro assinalou uma grande penalidade para os gilistas por pretensa falta de Robson sobre Dybal. Na conversão do penálti, o georgiano Avto rematou fraco, permitindo a intervenção do guarda-redes Pedro Alves.

Na segunda parte, a equipa de Almada continuou a ser a mais forte sobre o relvado, que se apresentou em excelentes condições apesar das fortes chuvadas que caíram antes da partida.

Aos 54 minutos, e novamente por Silas, o Cova da Piedade esteve muito perto de aumentar a contagem, mas o remate do médio tabelou no corpo do defesa gilista Maudo.

A única chance de marcar do conjunto minhoto ocorreu aos 75 minutos, quando o médio brasilero Arthur Rezende falhou, isolado, o 'tiro fatal', quando tinha apenas Pedro Alves pela frente.

Sobre o minuto 90, o reentrado Irobiso falhou a chance do 2-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.