Kiko carimbou, aos 88 minutos, a subida da formação de Henrique Nunes ao topo da classificação, deixando os penafidelenses no quarto posto e capitalizando os deslizes de Trofense e Gil Vicente, “empatados” nos redutos de Desportivo das Aves e Moreirense.

No “derby” minhoto, os “galos” de Barcelos inauguraram o marcador, aos 87 minutos, por Bruno Filipe, mas o conjunto de Moreira de Cónegos empatou, perto do apito final, por Renato Santos.

Já no encontro entre as duas equipas do distrito do Porto, Moustapha colocou o Trofense na dianteira, aos 10 minutos, mas Tozé Marreco, a oito minutos do fim, repôs o empate e inviabilizou o distanciamento dos comandados de Porfírio Amorim.

No dia do 103.º aniversário, o Leixões ascendeu ao quinto posto, ao conquistar a sua primeira vitória como forasteiro no terreno do Estoril-Praia, que ainda não tinha perdido na Amoreira para o campeonato, com um golo de Dyego Souza, ainda na primeira parte.

Com este triunfo, os matosinhenses somam 13 pontos, os mesmos da Oliveirense, vitoriosa na recepção ao Santa Clara, graças a um “bis” de Pedrinho, e Sporting da Covilhã, que venceu por 3-1 na deslocação a Belém.
Vouho, Abdulaye (de grande penalidade) e Bruno Severino afundaram os “azuis” orientados por José Mota, que marcaram, também na conversão de um castigo máximo, por Celestino.

Junto ao novo “lanterna vermelha” Belenenses permanecem os “aflitos” CD Fátima e Freamunde, que empataram a dois golos em Fátima, num encontro em que o resultado ficou definido na última jogada, com a contribuição ofensiva do guarda-redes dos “capões” Tó Ferreira, a desviar para a finalização de Marco Matias.

Sábado, o Varzim distanciou-se dos últimos lugares, ao bater em casa o Feirense por 2-0, com os golos de Gonçalo e Tiago.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.