O Atlético Clube de Portugal (ACP) anunciou hoje em comunicado ter vedado o acesso da equipa de futebol sénior da Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do clube, invocando problemas com a acionista ANPING, detentora de 70% do capital.

“A direção do ACP decidiu a partir desta data, e por tempo indefinido, vedar o acesso ao Estádio da Tapadinha aos serviços, treinos e jogos da equipa de futebol sénior da SAD até que a situação seja regularizada e assinado um acordo relativo à utilização do Estádio da Tapadinha por parte da SAD”, refere o comunicado.

No documento, a direção do Atlético explica que “em outubro de 2013 fundou a Atlético Clube de Portugal, Futebol, SAD (SAD) -, permitindo a entrada de um investidor chinês”, mas acusa a ANPING de “uma gestão opaca e nada transparente”.

A direção exemplifica a má gestão com “a não existência de um administrador nomeado pelo ACP” e com “a falta de aprovação das contas de 2014”.

A atual direção, eleita em maio de 2016, garante que aquando da constituição da SAD, foi assinado com a ANPING um acordo parassocial, no qual o investidor chinês “assumiu um conjunto de obrigações perante o ACP relativas à utilização do Estádio da Tapadinha por parte da SAD para os seus serviços, treinos e jogos de futebol”.

Segundo a direção do Atlético, tais obrigações nunca foram cumpridas, “designadamente no que respeita ao pagamento da renda acordada e das despesas de utilização e manutenção”.

Na época passada, a equipa de futebol sénior do Atlético foi despromovida da II Liga para o Campeonato de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.