O avançado brasileiro William, que regressou ao Desportivo de Chaves em janeiro, rescindiu contrato “por mutuo acordo”, divulgou hoje o emblema da II Liga portuguesa de futebol.

“A estrutura diretiva da SAD e do clube informam que, por mútuo acordo, William rescindiu contrato com esta sociedade desportiva. Agradecemos ao jogador todo o empenho e profissionalismo que sempre empregou ao serviço da nossa instituição e desejamos-lhe os maiores sucessos pessoais e profissionais”, explicou o clube de Chaves numa nota publicada na rede social Facebook.

O atacante, de 29 anos, tinha regressado aos flavienses na segunda janela de transferências da época, e realizou quatro jogos.

Nas últimas duas temporadas, representou o Al-Fayha e o Al-Faisaly da Arábia Saudita, após três épocas no Desportivo de Chaves, entre 2016 e 2019, todas no principal escalão.

O brasileiro formado no Botafogo já representou ainda o Trencin e Zilina da Eslováquia e o Kayserispor da Turquia.

O Desportivo de Chaves atrasou-se na luta pela subida de divisão, ao empatar no sábado na receção ao Mafra (1-1), no encontro de abertura da 31.ª jornada e ocupa o quinto lugar, com 53 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.