A equipa de Leonardo Jardim, que conseguiu o terceiro triunfo consecutivo na prova e terminou com a invencibilidade do Aves fora do seu estádio, adiantou-se aos 35 minutos, por Rui Varela, mas Vinicius, aos 43, na conversão de uma grande penalidade, igualou a contenda.

Os aveirenses voltaram para a frente do marcador aos 65, por Rui Sampaio, Vinicius, dois minutos depois, bisou e forçou nova igualdade, mas Rui Varela, aos 75, também bisou e garantiu os três pontos à sua equipa.

A pressão exercida pela formação da casa desde o início deu os seus frutos aos 35, num lance em que Rui Varela aproveitou da melhor maneira o cruzamento de Yartey e a posição adiantada do guarda-redes avense.

Na resposta, o Aves beneficiou de uma grande penalidade, por falta do defesa central Kanu sobre Vítor Hugo, que Vinicius converteu aos 43 minutos, levando a partida empatada para intervalo.

Apesar da igualdade, o Beira-Mar continuou dominador face a um Aves que se manteve sobretudo defensivo, pelo que não surpreendeu o 2-1, apontado por Rui Sampaio, aos 67 minutos.

A vantagem da formação da casa manteve-se apenas por dois minutos, já que na sequência de um livre e face à desatenção da defesa aveirense, Vinicius cabeçou oportuno para repor a igualdade no encontro.

O Beira-Mar não desistiu e chegou à derradeira vantagem aos 75, com novo tento de Rui Varela.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.