O Benfica B venceu hoje o Cova da Piedade por 2-0, no Seixal, em jogo da 21.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, marcado pelo excessivo número de faltas e respetivas paragens.

Os golos de Daniel dos Anjos, aos 45 minutos, e Martin Chrien (54) desbloquearam um encontro muito disputado taticamente e permitiram às ‘águias’ subir ao 13.º lugar (27 pontos), enquanto os piedenses já levam quatro partidas sem vencer e continuam na penúltima posição, a oito pontos do Vilafranquense.

A primeira parte foi jogada em ritmo lento, com muitas paragens, e a primeira oportunidade pertenceu ao Benfica B, num cabeceamento de Rodrigo Conceição, aos 23 minutos, que obrigou Tony Batista a uma grande intervenção.

O Cova da Piedade reagiu por Edinho (33) e Diarra (36), mas foram os ‘encarnados’ a chegar ao golo antes do intervalo, numa grande penalidade conquistada e convertida por Daniel dos Anjos (45), após um mau atraso de Lima Pereira que ‘obrigou’ Tony Batista a derrubar o avançado.

O treinador do Cova da Piedade, João Alves, tentou reagir logo ao intervalo e promoveu a estreia de Nelsinho, que rendeu Varela, mas foi novamente a equipa da casa a chegar ao golo, com Martin Chrien (54) a dar o melhor seguimento a um cruzamento de Rodrigo Conceição.

Após a saída de Edinho (61 minutos) os visitantes perderam a sua referência ofensiva e o Benfica B esteve sempre muito confortável a gerir a vantagem, apesar de um par de ‘rasgos’ individuais de Femi Balogun, que rendeu o internacional português.

Os três pontos conquistados premeiam o pragmatismo do Benfica B, que não teve problemas em recorrer à falta (20) para travar um Cova da Piedade que fez a exibição mais ‘cinzenta’ desde a chegada do técnico João Alves.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.