Uma grande penalidade marcada por Pedro Rodrigues, aos 52 minutos, permitiu ao Benfica B vencer, por 2-1, Olhanense, que até chegou a estar em vantagem na partida inaugural da 30.ª jornada da 2.ª Liga, disputada esta sexta-feira no Seixal.

A formação algarvia bateu-se em pé de igualdade e marcou primeiro, aos 14 minutos, por Gerevini, já depois de ter desperdiçado um penálti, mas a jovem formação encarnada, mesmo demasiado irregular, conseguiu a reviravolta.

Diogo Gonçalves restabeleceu a igualdade, aos 37 minutos, e 'Pêpê' deu o terceiro triunfo consecutivo na prova aos 'encarnados', que se isolaram, provisoriamente, no 3.º posto, enquanto o Olhanense manteve a lanterna vermelha e parece condenado à descida.

O Benfica entrou a todo o gás, tentando resolver o jogo logo de início, mas a sua ousadia atacante não deu frutos de imediato e a equipa de Olhão podia ter marcado logo aos 10 minutos, mas Zlobin deteve o penálti de Salim Cissé.

Aos 14 minutos, o Olhanense acabou mesmo por marcar, num golpe de cabeça do central italiano Gerevini, na sequência de pontapé de canto marcado na direita por Hélder Cabral.

O golo do conjunto algarvio teve o efeito de atordoar as 'águias', que perderam discernimento no miolo do terreno. Diogo Gonçalves, aos 17 minutos, esteve, ainda assim, perto de marcar num remate frontal à baliza defendida por Rodolfo.

O mesmo Diogo Gonçalves acabou por empatar, aos 37 minutos. O lance iniciou-se em Heriberto e, após um ressalto, a bola sobrou para o avançado benfiquista concretizar.

A equipa de Olhão ressurgiu na segunda parte com maior atrevimento atacante, mas seriam os encarnados a marcar, por Pedro Rodrigues, na conversão de um castigo máximo, aos 52 minutos, a castigar falta de Sori Mané sobre Heriberto.

Na jogada seguinte, Cissé surgiu isolado dentro da área e em boa posição para bater Zlobin, mas o guarda-redes russo esticou a perna e defendeu para canto.

O Olhanense esteve sempre mais perto do 2-2 do que o Benfica do 3-1, com o guarda-redes russo Zlotin sempre muito atento e interventivo. Realizou grande defesa a travar livre direto de Hélder Cabral e ainda encaixou bom remate de Aldair.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.