O ponta-de-lança brasileiro, tal como o central Fábio Ervões, estava a contas com um processo disciplinar, por alegadamente ter sido visto numa festa fora do horário de recolha imposto pelo clube, após um jogo.

Os jogadores não voltaram a treinar e responderam à nota de culpa no início de Dezembro. Aguarda-se agora que os prazos legais sejam cumpridos para que o Sporting da Covilhã transmita a Fábio Ervões, ausente no estrangeiro, a decisão tomada sobre o seu futuro.

Beré ingressou nos "leões da serra" no início da época, proveniente do Tondela, com a etiqueta de goleador. Até ser suspenso, o brasileiro era o melhor marcador da equipa, com dois golos na Liga de Honra e três na Taça da Liga.

À Agência Lusa Beré, de 27 anos, diz que ainda não sabe o clube que vai representar.

Na terça-feira, Dagil, Bruno Nogueira e João Mendes foram dispensados pelo clube, que aguarda a chegada de reforços na próxima semana.

Nkake e Bellasshan, da Naval, estão a caminho da Covilhã, embora ainda não tenham assinado. Joãozinho, do Vitória de Setúbal, está desde o início do mês a treinar com o plantel.

José Mendes, presidente dos serranos, já manifestou interesse nos atacantes Alberto, da União de Leiria, e Kamani, do Vitória de Guimarães, embora falte averiguar a disponibilidade por parte dos respectivos emblemas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.