Carlos Brito deixou hoje o comando técnico da equipa do Freamunde, da II Liga de futebol, uma decisão anunciada hoje em conferência de imprensa.

O clube e o treinador acordaram a rescisão de contrato, numa altura em que o Freamunde ocupa o 21.º e penúltimo lugar na tabela classificativa, com oito pontos em 12 jogos.

Miguel Azevedo Brandão, presidente da SAD do Freamunde salientou "o profissionalismo, a competência e a honestidade intelectual da equipa técnica", deixando claro que Carlos Brito saiu "pelo seu pé".

Carlos Brito voltou a referir que coloca "o clube acima dos interesses pessoais e esta era a única decisão que deveria tomar."

Daniel Barbosa vai comandar a equipa do Freamunde enquanto a direção não anuncia o substituto de Carlos Brito.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.