Os clubes da II Liga vão revelar o nome do candidato à presidência da Liga que irão apoiar no próprio dia das eleições, conforme revelou hoje José Godinho, presidente da Oliveirense.

O também porta-voz da comissão dos clubes da II Liga esclareceu que, após uma reunião, em que estiveram representados 13 dos 19 clubes dessa divisão, "ficou definida uma metodologia semelhante à dos últimos anos no período eleitoral" e que consiste em "ouvir os candidatos no dia das eleições (próxima terça-feira) e só depois optar pela posição".

"Vou já marcar as audições com o Luís Duque e com Pedro Proença para ouvir o que eles têm para oferecer", começou por revelar o dirigente, acrescentando à agência Lusa que "ainda nenhum clube, dos que estiveram presentes, se manifestou em relação à sua preferência, uma vez que ainda ninguém sabe o que querem fazer no futuro".

"A II Liga está muito exigente e com muitos problemas. E nós queremos ver esses problemas resolvidos. A nossa decisão vai de encontro ao candidato que estiver mais próximo de resolver as nossas necessidades", disse ainda.

Além deste ponto, foram ainda debatidos, ao longo da reunião que se realizou hoje em Oliveira de Azeméis, outros pontos de interesse para os clubes da II Liga, nomeadamente a hipotética parceria com uma entidade chinesa para patrocinar a prova.

José Godinho disse que "foi feita uma proposta a uma entidade chinesa, há cerca de um mês, para patrocinar a II Liga, e desde então ainda não houve grandes desenvolvimentos".

"Ainda não tivemos uma resposta para esta proposta que consideramos bastante ambiciosa. Mas vamos ter uma nova reunião na próxima sexta-feira e acredito que já haverá novidades", revelou.

O presidente da Oliveirense anunciou ainda que o Vitória de Guimarães deu entrada no Conselho de Justiça da Liga, com um recurso para anular a decisão de alterar os valores de inscrição das equipas B na II Liga (passar de 50 para 100 mil euros).

"Os clubes consideram esta atitude incorreta e de quem não sabe respeitar as decisões tomadas em assembleia-geral", criticou ainda.

Além do presidente da Oliveirense, estiveram presentes na reunião mais seis presidentes de clubes ou SAD, nomeadamente António Fiuza, do Gil Vicente, Miguel Brandão, do Freamunde, António Gaspar Dias, do Penafiel, Fernando Rocha, do Portimonense, José Pina Ferreira, do Famalicão, e Pedro Faria, do Varzim.

Farense, Covilhã, Oriental e Aves fizeram-se representar por José Godinho, enquanto Leixões e Chaves não justificaram ausência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.