O Cova da Piedade considera “um escândalo” a decisão de não aceitar a inscrição do clube na II Liga portuguesa de futebol, disse hoje à Lusa uma fonte da administração da SAD.

A mesma fonte remeteu para terça-feira uma posição oficial sobre a decisão de Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e adiantou que a administração da SAD do clube da margem sul está reunida com os advogados para avaliar as medidas a tomar.

O recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto “pode ser” uma das medidas, admitiu a administração, frisando que apenas na terça-feira tomará uma posição oficial e anunciará as ações a tomar.

O Cova da Piedade falhou a inscrição na II Liga portuguesa de futebol, não sendo admitido no segundo escalão, informou hoje a Liga de clubes, que convidou o Vilafranquense para ocupar a vaga.

Em comunicado, a LPFP informa que foi decidido "não admitir a candidatura da sociedade desportiva Clube Desportivo da Cova da Piedade - Futebol SAD a participar nas competições profissionais da época 202l-22".

Segundo a Liga, o clube de Almada apenas apresentou os documentos necessários em 24 e 27 de maio, já após a data-limite.

Assim, a LPFP decidiu convidar o Vilafranquense, equipa mais classificada entre as despromovidas na II Liga, "a apresentar candidatura à participação" na prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.