O Cova da Piedade, da II Liga de futebol, venceu esta terça-feira o Pinhalnovense, do Campeonato de Portugal, por 3-0, em jogo de apresentação aos sócios que não teve árbitros oficiais ou ficha do jogo.

A formação anfitriã ostentou um domínio esmagador durante a primeira meia hora, altura em que marcou dois golos.

O primeiro, aos 16 minutos, através de um potente remate de fora da área desferido por Hugo Firmino, um dos últimos reforços do conjunto de Almada, proveniente do Gil Vicente.

À passagem do minuto 20, foi o médio brasileiro Robson a pontar o segundo golo, na conversão de uma grande penalidade.

O Cova da Piedade continuou a ter mais bola e a dominar o jogo, ampliando a vantagem para 3-0, aos 66 minutos, na sequência de um cruzamento de Adilson, na direita, para a cabeça do defesa central Daniel Almeida, que bateu o guarda-redes adversário.

Na segunda parte, o técnico João Barbosa mexeu no ‘onze’ do Cova da Piedade, lançando em campo os reforços Rafael Floro, Sori Mané, Runze Xie e Pedro Carneiro, para os lugares de Evaldo, Soares, Hugo Firmino e Yuhao Liu.

Ficou bem vincada a diferença de qualidade e de tempo de preparação entre um conjunto da II Liga (Cova da Piedade) e do Campeonato de Portugal (Pinhalnovense).

Foi o primeiro triunfo do conjunto de Almada na pré-temporada, depois das sucessivas derrotas com o Real Massamá (2-1), Sporting (2-0), Vitória de Setúbal (1-0) e Boavista (2-0).

A estreia em competições oficiais do Cova da Piedade ocorrerá no domingo, dia em que recebe o Nacional, pelas 16:00, em jogo da primeira eliminatória da Taça da Liga.

Entretanto, está prevista a chegada, na quarta-feira, do extremo brasileiro Dieguinho, o melhor marcador (seis golos) do Cova da Piedade na última época. O jogador ficou retido no Brasil por ter deixado caducar a validade do seu passaporte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.